Festival do documentário mudo parte II

Nanook of the North é uma lenda dos documentários. Acho bem chato, para ser sincero. O filme fez muito sucesso nos anos 20 e influenciou muita gente –o Grass, aí embaixo, é uma cópia de Nanook.

O grande mérito do cineasta Robert Flaherty foi ter mostrado uma luta por sobrevivência em um ambiente super hostil, e o foco do filme é o povo esquimó.

O personagem título, o Nanook, morreu de fome pouco tempo depois do filme.

Las Hurdes é uma região paupérrima da Espanha. Em 1932, o Luis Buñuel ganhou uma grana de um amigo dele para fazer um documentário sobre a região. O patrocinador do projeto chamava-se Ramón Acín, e era um anarquista que ganhou na loteria! Em 1936, os franquistas fizeram a esposa desse Acín prisioneira e disseram a ele que, caso ele não se entregasse, iriam matá-la. Ele se entregou e ambos foram assassinados.

O filme é curto e muito impressionante.  Eu já vi pobreza, mas acho que não desse jeito.

Aqui um trecho de uma entrevista do Buñuel:

How did the project for Las Hurdes came about?

Buñuel: It came about because I had read the doctoral thesis of Legendre, director of the French Institute of Madrid. An admirable book, I still have it in my library. For 20 years Legendre spent every summer in Las Hurdes to conduct a complete study of the region: botanical, zooligical, climatological, social etc. A marvel! Later, I read some articles abou the place that the Madrid magazine Estampa published when the king visited there.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s