Caterpillar

Caterpillar. Koji Wakamatsu. De todos os filmes que vi na Mostra, esse é tecnicamente o mais “tosco”. Foi gravado em digital – e mesmo a gravação em vídeo digital poderia ser melhor, os atores são meia boca, os efeitos visuais são péssimos e o áudio é horrível. Há alguns anos eu não ia me importar a mínima com isso, mas hoje acho que sim, isso tudo faz diferença.

Apesar dos defeitos, Caterpillar vale a pena. É a história de um japonês que volta da guerra contra a China como um homem tronco. “Caterpillar é lagarta”. Sem braços, sem pernas, com o rosto todo queimado e sem conseguir falar e com o rosto todo queimado. Ele virou um bicho, e um bicho muito feio.

(Vou contar o filme inteiro. Se você quiser ver, pare aqui.)

A mulher dele se desespera. Ele ainda a trata mal. As cenas em que ele a obriga a transar são repulsivas. O único consolo dela é saber que ele é um herói de guerra. O jornal japonês o chama de “Deus da guerra”. Enquanto essa história vai se desenrolando, o Japão vai perdendo a guerra. O diretor usou a mesma estratégia que o diretor de Vincere – jornais e telejornais da época. A imprensa do Japão fingia que o país ia bem na guerra. A repulsa da mulher pelo marido só cresce. Nem mais ser casada com o “Deus da guerra” a interessa. E a verdade não revelada a ela é que ele virou um homem tronco não em um combate, mas enquanto estuprava uma chinesa num prédio pegando fogo. Assim como os órgãos oficiais japoneses escamoteavam a verdade sobre o desempenho do Japão na guerra, o “Deus da guerra” escamoteava o passado calhorda. Com a derrota o Japão e o homem tronco já não se sentem mais tão gloriosos. Ele rasteja até um lago e se mata.

Deixe um comentário

Arquivado em Caterpillar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s