Trabalho Interno

Trabalho Internto. Inside Job. Charles Ferguson. Pensa que você tem dinheiro sobrando, e quer aplicar. Daí você procura um banco que te apresenta alguns pacotes com títulos que são avaliados como baixo risco e alto retorno. Você só não imagina que quem avalia (as avaliadoras) são pagas pelo banco que te oferece esses títulos, e que os papéis que você comprou, na verdade, carregam muito risco.

Esse é o tema central de Inside Job. A ideia do documentário é mostrar como a desregulamentação do mercado financeiro americano trouxe a crise para o mundo.

Até a academia, as universidades de economia, tomam porrada. O diretor tem um ponto interessante. Um pesquisador médico não pode escrever artigos médicos falando bem de um remédio se ele é pago por uma indústria farmacêutica. Mas é muito comum economistas famosos das grandes universidades americanas (e, imagino, das brasileiras também) escreverem artigos em que defendem certas práticas (a desregulamentação é a mais famosa) que beneficiam bancos de investimento que os contratam para prestar consultorias.

Como filme, Inside Job não é lá muito revolucionário – e nem é esse o propósito. A ideia é mostrar que os bancos de investimento estavam com alavancagens inacreditavelmente arriscadas, que os servidores públicos que salvaram alguns desses bancos no bail out vieram justamente dessas mesmas instituições (daí o nome Inside Job).

O filme vai entrar em cartaz. Já está com as legendas em Português. Sorte nossa.

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema, Trabalho Interno

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s