Deve sair logo dos cinemas, pouca gente viu e não foi muito comentado

A história de uma nova máfia, que tem que desbancar uma outra máfia, mais antiga, mais estabelecida, já foi contada nos cinemas. Quer ver? Em Cidade de Deus o Zé Pequeno faz de tudo pra tomar a boca do Cenoura – e no fim, os moleques novinhos que levam a melhor. Aquele filme italiano, Gomorra, é a ascensão da Camorra (que é emergente, começou nas cadeias) sobre a tradicional Cosa Nostra. Os filmes americanos de máfia estão cheios de exemplos das máfias de imigrantes italianos tomando as máfias que já estavam nos EUA (por alguma razão que me escapa, os irlandeses que foram para os EUA se identificavam com policiais, e os italianos, com os mafiosos).

A surpresa de O Profeta, pra mim, foi que nesse filme também se conta uma história dessas. Os árabes se rebelam contra os tradicionais bandidos da França, os corsos (que nasceram na Córsega).

E a trajetória de um cara, meio corso, meio árabe, que entra em cana novinho, e vai alpinando a escala social do xadrez francês. Se você gosta de hístórias de bandidos e máfia, vá ver. Não é genial, mas não tem nada genial passando, então vai nessa.

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s