A festa não tem hora para começar

Depois da Copa começam as eleições, eu pensava. Errei. A Copa acabou, mas as eleições ainda não começaram. Quero dizer, elas começaram, é claro – o jornal está dando várias e várias páginas, em algumas redes de TV já passa o dia a dia do candidato. Mas elas não tomaram as discussões nas mesas. Ninguém se empolgou com elas até agora. Eu não.

Não sei dizer o porquê dessa apatia coletiva. A disputa até tem motivo para interessar – nunca na história desse país houve uma tão disputada. A Dilma e o Serra estão com 39 no primeiro turno e 43 no segundo. Idênticos.

Uma das possíveis razões pelas quais essa eleição presidencial não empolga é que não tem nenhum candidato super carismático. Polêmicas aparecem – alguns exemplos: a Marina fala bobagens sobre aborto e casamento gay, o Índio da Costa decreta que o PT é ligado ao tráfico, a Dilma e o Lula são multados não-sei-quantas vezes. Mas nem esses factóides nos fazem querer acompanhar de perto, saber o que se passa.

Está muito cedo ainda? É a falta de carisma dos candidatos? Eu adoro eleições, mas não consigo achar graça nas de 2010.

Deixe um comentário

Arquivado em Índio da Costa, Brasil, Dilma, Política, Serra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s