Briga no escritório

Você trabalha num grupo relativamente pequeno – 20 pessoas. Duas garotas brigaram feio por causa de um cara (um xarope, que não vale chongas). Fica um clima super chato no escritório. Você não é amigo de nenhuma das duas, só convive com ambas e gosta das duas, mas não chega a ser aquela amizade de sair. Uma delas se senta na sua frente e, por isso, vocês tomam café juntos, são mais próximos. Mas você não tem nada contra a outra.

De repente a briga se acirra ainda mais. E o cara idiota que elas disputam ganha uma puta grana de herança. Ou seja, o clima recrudesceu.

Você:
a – Diz que nunca teve nada a ver com isso – e é verdade.
b – Assume um lado apaixonadamente, se metendo na confusão com a qual você não tem nada a ver a troco de nada.

Pois é, o Lula escolheu a opção B.

1 comentário

Arquivado em Argentina, Brasil, Inglaterra, Malvinas

Uma resposta para “Briga no escritório

  1. Júlia Ayerbe

    É uma metáfora para as Malvinas?
    Ela teria mais sentido se uma das personagens fosse uma parente sua um pouco distante mas que está tentando mudar pra cidade grande e vc às vezes tenta ajudar, como parente mais poderoso. E aí vc acaba tomando as dores, como homem patriarcal, da suposta pobre coitada, vítima da história.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s